Trader é a profissão do futuro?

Os computadores assumiram a maior parte das negociações em bolsas de valores e outros grandes centros financeiros, é verdade. Para alguns, isso pode parecer uma ameaça à própria natureza da profissão de trader. Para outros, isso é o retrato de uma transformação digital importante que o mercado financeiro está vivendo e que naturalmente vai afetar os traders no futuro.

O fato é que no futuro ainda haverá esse tipo de profissional. Enquanto houver produtos complexos vendidos no livre mercado que precisam ter uma precificação eficaz, haverá traders humanos. Os computadores, pelo menos por enquanto, estão sendo implementados apenas para automatizar produtos e processos mais básicos e mais padronizados. 

Essa sempre foi uma busca do mercado financeiro. E nos últimos anos, parece que encontramos um caminho importante com a Inteligência Artificial. Máquinas com algoritmos específicos que analisam os movimentos do mercado em busca de boas oportunidades. E, diferente dos traders humanos, a máquina não dorme, não come ou bebe, não tem emoções, é especialista em números, sistemas e mercado financeiro. Este “trader” pode analisar milhões de pontos de dados de todos os espectros de informações e executar negociações sem erros em questão de segundos. 

Mas como falamos, estes traders de Inteligência Artificial ainda não são uma realidade, funcionam apenas em laboratórios de pesquisa e em ambientes de teste. O mercado ainda opera com base nas movimentações de investidores reais.

As máquinas ainda não dominam o mercado financeiro

Algo que precisa estar claro é que por enquanto as máquinas não operam de fato no mercado em busca das melhores negociações. As regras não permitem negociações feitas por máquinas de forma completamente automatizada. 

Isso significa que a profissão de trader ainda vai continuar sendo lucrativa para quem tem familiaridade com o mercado financeiro, com análises técnicas, investimentos, mercado de capitais e o investimento de curto prazo. Não só familiaridade.

É preciso estudar, testar, treinar diariamente. O trabalho do day trader é feito de altos e baixos, é construído na base do aprendizado de longo prazo e com o treino na plataforma de negociações. Só depois de um bom tempo praticando e estudando é que os ganhos começam a chegar.

Trader é a profissão do futuro?

Sim. Mas do futuro que já chegou com a transformação digital, muito impulsionada também pela pandemia de 2020. Nos EUA, na Europa, na Ásia, o day trade já é uma atividade lucrativa há muito tempo. No Brasil, muitos ainda enxergam a profissão como tendência.

Já existem muitos day traders ganhando dinheiro. O que precisa ficar claro é: nada é fácil e rápido nessa profissão. Assim como qualquer outra profissão, é preciso disciplina, dedicação, discernimento e muita parcimônia para começar no day trading. 

É bem provável que o futuro dos traders está na combinação da intuição humana deles com a capacidade de processamento de um computador, que permitiria aos traders humanos inserir informações em um ritmo rápido. Independentemente do caminho que a atividade de trading tomar, a IA transformou e vai continuar transformando a maneira como o mercado financeiro opera. 

Iniciar conversa
Precisa de ajuda?
Olá!
Posso te ajudar?